Login

Fechar

Esqueceu a senha?

Fechar

21 JUNHO 2013 - 09:50 - Cotidiano
  • Compartilhe

#ProtestoES: 100 mil vozes gritando "vem pra rua"

Manifestação em Vitória reuniu cerca de cem mil pessoas,e é o maior movimento desde a geração cara-pintada

Por: Acácio Rodrigues

Alguns diziam que a rede social não era termômetro. Se fosse poderia estourar, é isso? E estourou. Cem mil pessoas ecoaram o grito de “vem pra rua” nas principais avenidas de Vitória, e marcaram um dia histórico em que a maior parte do País clamou por dias melhores. O Sou ES deu as mãos para o povo, que aplaudiu a iniciativa do portal em uma placa eletrônica na Reta da Penha, com a hashtag que virou lema das manifestações. No fim, os estragos causados no Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) e na praça do pedágio da Terceira Ponte, por pessoas que não eram manifestantes, mancharam parte do protesto.

#vemprarua

Confira a cobertura fotográfica do #Protesto ES AQUI

As conversas na saída da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) eram sobre a quantidade de pessoas que estavam ali, na Avenida Fernando Ferrari. Mas o que muitos não sabiam é que havia passeata numa extensão de mais de quatro quilômetros, logo no início do protesto.

Desde a praça de Goiabeiras até a Reta da Penha, os manifestantes levantavam seus cartazes, com dizeres que vão ficar gravados na memória de quem viveu esse dia de ato público nacional. Entre os assuntos discutidos, a PEC 37, o envolvimento do maior jogador da história, Pelé, a cura gay de Marcos Feliciano, a legalização da maconha, fim da privatização dos portos, entre muitos outros temas.

#vemprarua

#vemprarua #eusoues

Um dos momentos mais aplaudidos durante a manifestação, foi no instante em que a multidão se deparou com a placa eletrônica na Reta da Penha, onde estava escrito a hashtag #vemprarua, com a logo do Sou ES. Muitos se emocionaram ao ver a imagem, e pararam para continuar assistindo por alguns minutos, enquanto outras propagandas entravam nos intervalos em que aparecia a imagem. O reconhecimento dos manifestantes nas ruas e nas redes sociais foi impressionante.

Confusões

O princípio de tumulto aconteceu por volta das oito da noite. Em frente ao TJES, vândalos depredaram a fachada do prédio, quebraram vidros e derrubaram grades de alumínio que separam o local e a Terceira Ponte. Nos guichês do pedágio da Terceira Ponte, criminosos saquearam o dinheiro que seria revertido à Associação Capixaba Contra o Câncer Infantil (Acacci). Além disso, atearam fogo no local e destruíram as cabines. Nesta sexta-feira (21), não haverá cobrança de pedágio.

Assembleia Legislativa

Enquanto o tumulto acontecia no TJES, a situação era diferente em frente à Assembleia Legislativa do Espírito Santo (Ales). Um mar de gente protestava pacificamente, e encheu a Avenida Américo Buaiz. No local, apenas manifestações envolvendo os temas propostos.

Terceira Ponte

Na última segunda-feira (17), quem atravessou a Terceira Ponte pôde sentir o clima de uma manifestação com belas imagens. Eram 20 mil pessoas ao todo no protesto. Já no ato público desta quinta (20), 20 mil pessoas estiveram sobre a ponte que liga Vitória à Vila Velha. O maior movimento dos últimos anos impressionou.

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Comentar

* = Preenchimento obrigatório