Login

Fechar

Esqueceu a senha?

Fechar

03 SETEMBRO 2018 00:00 Cotidiano
  • Compartilhe

Troco Pedágio: ação ajudará crianças em vulnerabilidade social

Quem doar seu troco, nos pedágios da Rodosol de Vitória e de Guarapari, irá colaborar diretamente com os projetos desenvolvidos pelo Instituto João XXIII. Saiba mais!

Por: Redação Sou ES

pedagio
Para participar, basta depositar a doação em uma das caixas fixadas nas cabines do pedágio | Foto: MPC-ES

Sabe aquele troco que sobra do pedágio nas praças da Rodosol de Vitória e de Guarapari? Ele pode fazer a diferença na vida de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Isso porque, até o dia 22 de novembro, a campanha “Troco Pedágio” da Rodosol irá revertir os trocados de quem quiser realizar a doação para o Instituto João XXIII - entidade de Vitória que atua em 26 bairros do entorno da sua sede, no bairro Consolação. Para contribuir, basta depositar a doação em uma das caixas fixadas nas cabines do pedágio.

Desde 1999, a entidade direciona seus projetos para o desenvolvimento de oportunidades educativas pautadas na arte educação, priorizando a inclusão social de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Entre as atividades estão Oficinas de Violino e Viola, Judô, Ioga e Arteterapia, que têm como objetivo contribuir para a promoção da inclusão social.

instituto
Oficina de Violino está estre as atividades desenvolvidas pelo Instituto João XXIII | Foto: Divulgação

A associação também atua com adultos em oficinas e cursos de qualificação, realizados em parceria com instituições de ensino. Os cursos ofertados são, entre outros, organizador de eventos, sonorização e doces modelados, com o objetivo de incentivar o aprimoramento de habilidades, capacitar para o mercado de trabalho e desenvolver oportunidade de renda.

Hoje, o Instituto funciona graças ao trabalho de mais de 90 voluntários, de diversas áreas, e da captação de recursos financeiros de pessoas físicas e jurídicas. “Nosso compromisso é contribuir para promover a transformação de vidas. Apoiar a formação de cidadãos e fazer com que crianças e adolescentes em risco social acreditem no seu potencial e assumam o protagonismo em suas vidas. Fazer com que uma criança que participe das nossas Oficinas de Violino, por exemplo, acredite e se empenhe para ser um músico amanhã”, afirma a presidente do Instituto João XXIII, Adriana Giuberti Bergi.

Conheça mais sobre o instituto e suas ações no site www.joaoxxiii.org.br.

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Comentar

* = Preenchimento obrigatório