Login

Fechar

Esqueceu a senha?

Fechar

30 MAR�O 2016 - 09:00 - Cidades
  • Compartilhe

Encontro de arte produz fachada de escola em Vitória

Cerca de 20 alunos da da Escola Municipal de Educação Fundamental (Emef) Maria Leonor Pereira da Silva participaram do projeto

Por: Redação SOUES

01Alunos da EMEF Maria Leonor Pereira da Silva. Foto: Divulgação

Mãos que carregam sonhos e desejos de um futuro promissor. É sobre esperança que trata a nova intervenção urbana do Projeto A Arte é Nossa, no muro da Escola Municipal de Educação Fundamental (Emef) Maria Leonor Pereira da Silva, em Praia de Santa Helena.

O grande painel foi produzido em um workshop com 20 alunos da escola, conduzido pelo artista americano Dave Loewenstein e sua colaboradora Karen Valentim. Cada estudante desenhou as suas expectativas para o futuro e cada desenho se transformou em um desenho individual que compôs o mural. Na hora da execução do trabalho, artistas e estudantes pintaram os sonhos uns dos outros.

O workshop foi feito em parceria com o Consulado Geral dos Estados Unidos no Rio de Janeiro e foi oficialmente entregue na manhã de terça-feira (22), com um café da manhã na Emef. 

Estavam presentes, o secretário de Cultura, Leonardo Caetano Khroling, a secretária de Educação, Adriana Sperandio, os artistas Dave Loewenstein e Karen Valentim, além das equipes do Consulado Americano, das secretarias envolvidas e os 20 alunos que participaram do workshop.

O secretário de Cultura, Leonardo Khroling, destacou a importância de cuidar do patrimônio e da importância da cultura. “Vocês deram o pontapé para se tornarem artistas. Acredito muito que da mesma forma que colocamos a mão para fazer, nós colocamos a mão para cuidar” disse ele para os alunos.

01                                                            Foto: Divulgação 

A secretária de Educação, Adriana Sperandio, agradeceu a realização do projeto ao integrar arte e educação. “A cada conquista, a gente vibra e comemora muito. Cada movimento como este, em especial pela natureza do processo de construção, ele é muito precioso porque ele integra as instituições. Por isso é uma alegria essa conquista”.

O artista Dave Loewenstein agradeceu a todas as equipes e em especial aos alunos envolvidos. “Foi uma grande honra trabalhar com vocês e estar envolvido neste projeto. Agradeço de coração”.

Já Karen Valentim agradeceu a todos e destacou a importância da participação da escola no trabalho. “O projeto do mural apenas somou e vai compartilhar com a comunidade, o que já acontece de bom dentro da escola, e me fez perceber como é cada vez mais importante o processo de democratização da arte”.

“Este projeto é maravilhoso. Muito obrigado aos alunos, artistas e a Secretaria de Cultura. Quando cheguei aqui eu li na biblioteca da escola: “Unir-se é um bom começo. Manter a união é um progresso. Trabalhar junto é uma vitória”. Essa é a oportunidade de continuação da arte e da cultura” comemorou Angélica Beata, do Consulado Americano.

Intercâmbio

O Intercâmbio Cultural Giramundo – Intervenção Urbana é a segunda parceria entre a Secretaria Municipal de Cultura (Semc), e o Consulado Geral dos Estados Unidos da América no Rio de Janeiro.

O primeiro evento foi inteiramente voltado para música e aconteceu entre os dias 26 e 28 de junho, com workshop e a feira cultural no Parque Pedra da Cebola, com a participação de coletivos artísticos que produzem em Vitória e apresentações musicais da banda de congo Amores da Lua, do cantor André Prando e dos grupos Pó de Ser Emoriô e Curtis Clinton Band.

O projeto A Arte é Nossa é uma iniciativa da Semc que tem como objetivo humanizar os espaços públicos por meio de intervenções artístico-urbanas e, assim, democratizar a produção artística local para além dos espaços tradicionais de exposição.

Desde 2013, aconteceram nove ações em 1,5 mil m² de muros da cidade, através de parcerias com artistas locais ligados ao grafite, à arte-relevo e a outras técnicas, e pretendem aproximar o cidadão do campo das artes, transformando as ruas de Vitória em uma grande galeria urbana.

Galeria Urbana

Cardume de Cordas/ Muro da Fames – Ficore Kabelera (abril/ 2015): grafite que faz referência à baía de Vitória e aos instrumentos musicais, como o violão e o violoncelo, e tem como objetivo retratar a relação da música, em diálogo com o espaço físico em que o trabalho se encontra, e a geografia do local.
Casa do Ler e Saber – Renato Pontello (dezembro/ 2014): grafite realizado no Parque Barreiros, na Grande Maruípe, que fala sobre a relação das crianças com a literatura.
Muro do estacionamento do Ministério da Fazenda (Centro) - Antonio Natural e Dione Salvador (julho/ 2014): grafite e arte mural que cria um trajeto fictício para os tradicionais bondes, veículos usados como meio de transporte na primeira metade do século passado, entre edificações históricas da capital, como o Theatro Carlos Gomes e o Palácio Anchieta.
Muro da Fábrica de Ideias (Jucutuquara) – Emílio Aceti e Centro Grafitacional (julho/ 2014): grafite baseado na proposta do espaço, que é difundir e valorizar a economia criativa.
Muro da Casa da Juventude (São Pedro) – Ficore Kabelera (fevereiro/ 2014): desenho livre inspirado na fotografia e no olhar de cada cidadão sobre a cidade.
Parque da Fonte Grande (São Pedro) – Antonio Natural e Dione Salvador (fevereiro/ 2014): trabalho em arte relevo inspirado na fauna e na flora do Parque da Fonte Grande.
Tapume do Hidroavião (Santo Antônio) – Dione Salvador (fevereiro/ 2014): trabalho inspirado nas figuras tradicionais do samba e em seus foliões. Localizado próximo ao Sambão do Povo.
Tapume na praia de Camburi – Dione Salvador (dezembro/ 2013): localizado no calçadão da praia de Camburi, o desenho foi inspirado em práticas esportivas para dialogar com os cidadãos que usam o espaço para se exercitar.
Fafi (Centro) – Dione Salvador (novembro/ 2013): ação feita em comemoração ao dia da cultura e tendo como referência a música, o teatro e a dança.
Escadaria de São Benedito – Dione Salvador – (agosto/ 2013): desenho livre inspirado no mangue, que é tão presente na paisagem natural da cidade de Vitória.

 *Com informações Prefeitura de Vitória

 

 

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Comentar

* = Preenchimento obrigatório