Login

Fechar

Esqueceu a senha?

Fechar

25 NOVEMBRO 2019 00:00 Cultura
  • Compartilhe

Silva e Maria Gadu fazem shows gratuitos na Praça do Papa

O evento acontecerá no dia 10 de dezembro, como parte da programação do Dia dos Direitos Humanos e contará ainda com show da capixaba Monique Rocha.

Por: Redação Sou ES

1
Foto: PMV

Para celebrar o Dia Internacional dos Direitos Humanos, a Prefeitura de Vitória irá promover o show "Vitória de Todas as vozes: um canto de igualdade", com os cantores Silva e Maria Gadu, no dia 10 de dezembro. O evento será gratuito e acontecerá na Praça do Papa, a partir das 19 horas. A noite vai contar ainda com a participação da artista capixaba Monique Rocha, com o projeto Samba para Moças.

Silva é um dos nomes de destaque da nova música brasileira. Depois dos sucessos dos discos 2012 (2012), Claridão (2012), Vista Pro Mar (2014), Júpiter (2015) e Silva Canta Marisa (2017), vem Brasileiro com 13 faixas inéditas, lançadas oficialmente em 2018. O disco já traz em seu nome seu conceito: “Brasileiro” é uma bela, grande e delicada homenagem a nossa cultura nacional. O álbum está disponível gratuitamente em todas as plataformas digitais e, no YouTube, cada música vem acompanhada de uma imagem de algum ponto de Vitória.

O show integra também a programação dos 16 Dias de Ativismo, que teve início na última segunda-feira (18) com uma ação de abordagem aos passageiros na rodoviária de Vitória. Eles receberam orientações sobre os serviços voltados para o enfrentamento à violência doméstica, além de informações sobre a Lei Maria da Penha.

Nos próximos dias, haverá ainda rodas de conversas, exibição de documentários, seminários, concerto musical e oficina. "Estaremos com diversas atividades que nos ajudarão a entender o sistema estruturante do patriarcado. Todos devem estar comprometidos na construção do conhecimento pela defesa da vida das mulheres e uma sociedade mais justa", disse a coordenadora de Políticas para as Mulheres da Secretaria Municipal de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho (Semcid), Mariana Bernardes.

Comentários

Nenhum comentário ainda.

Comentar

* = Preenchimento obrigatório